Beyoncé lança no Netflix documentário sobre show histórico no Coachella

A rainha Beyoncé estará em breve no Netflix. No dia 17 de abril estreia “Homecoming”, documentário que mostrará os bastidores do show da diva no Coachella em 2018. No trailer divulgado nesta segunda-feira é possível ver cenas  de shows e preparações para os bastidores da performance da cantora.

O show de quase duas horas na Califórnia, Estados Unidos, contou com a participação de dezenas de músicos, no estilo de bandas universitárias historicamente negras, e traçou “uma linhagem de tradições musicais negras do sul a partir das marchas de segunda linha de Nova Orleans para Houston.

“Não é provável que haja um desempenho mais significativo, absorvente, vigoroso e radical de um músico americano este ano ou em qualquer ano próximo”, escreveu o crítico Jon Caramanica para o The New York Times, que completou: “Era rico em história, potencialmente político e  visualmente grandioso. Por turnos barulhentos, desordeiros e exuberantes. Uma maravilha chocante de coreografia e direção musical.”

Beyoncé estava programada para o festival em 2017, mas empurrou sua performance para o ano seguinte depois de engravidar de gêmeos.”Obrigada por me permitir ser a primeira mulher negra a liderar o Coachella”, disse ela ao público em  seu show de retorno.

O trailer de “Homecoming” traz clipes dos ensaios e da rotina de exercícios de Beyoncé, além de momentos com seus filhos e marido, o  rapper Jay-Z, que fez uma aparição no Coachella. Usando uma entrevista de 2013 com a poeta e ativista  Maya Angelou, pouco antes de sua morte no ano seguinte, uma voz no trailer diz: “O que eu realmente queria fazer era ser uma representante da minha raça – da raça humana.Tenho a chance de mostrar como podemos ser gentis, inteligentes e generosos”, continua Angelou. “Eu tenho uma chance de ensinar, amar e rir. E eu sei que quando eu  terminar de fazer o que eu for enviado para cá, eu serei chamada para casa “.

Tradução: The New York Times

Lídia Michelle Azevedo

Formada em Comunicação Social - Jornalismo pela UFRJ, em 2009, já passou pelas redações do Jornal dos Sports, Assessoria de Imprensa do IBDD (Instituto Brasileiro dos Direitos da Pessoa com Deficiencia) Revista Ferroviária, Expresso, Extra, Canal A e atualmente está na assessoria de comunicação da Fundação Cecierj.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: