BBB 21: Empresa demite funcionário que postou comentários racistas no perfil de João Pedrosa

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A empresa do ramo de alimentos, Seara, desligou um de seus funcionários que fez comentários racistas no perfil no Instagram do participante do BBB 21, João Pedrosa. Segundo a colunista da Folha de S. Paulo, Monica Bergamo, o ex-funcionário reforçou comentários preconceituosos contra o cabelo do professor minero.

Em suas redes sociais a Seara disse não compactuar com discriminação e preconceito e destacou que pretende impulsionar “transformação cultural” no ambiente de trabalho e para uma sociedade mais inclusiva.

A empresa não deu detalhes sobre o processo de desligamento do funcionário.

Comentários racistas no BBB

Na semana passada, antes de ser eliminado do BBB 21, o sertanejo Rodolffo comparou o cabelo do João com uma peruca de homem das cavernas. O comentário preconceituoso repercutiu na internet e o apresentador Thiago Leifert quebrou o protocolo e comentou ao vivo.

declarações de Rodolffo

O apresentador explicou ali era uma oportunidade de debater o tema e usar a audiência do programa para falar sobre algo importante. Durante todo o discurso, Tiago lembrou que ideia da “conversa” não era queimar Rodolffo e nem deslegitimar a dor de João, mas sim defender o que chamou de “terceira via”.

“‘O black é a coroa’. E isso não sou eu que tô falando. Quem me ensinou isso é um cara que eu tenho um amor profundo […] O nome dele é Alexandre Santana, mas vocês devem conhecer pelo apelido, um apelido racista. Babu, que vem de babuíno, vem de macaco. Mas o Babu pegou o apelido… Na primeira vez que chamaram de babuíno, ele quebrou a cara de todo mundo na porrada… Mas depois ele falou: ‘Quer saber, eu vou usar o Babu também como símbolo de resistência. Eu vou usar meu nome artístico Babu‘”, disse.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.