Policiais suspeitos de terem sumido com jovem negro em SP são afastados das ruas

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A Polícia Militar decidiu afastar do serviço operacional os policiais suspeitos de terem sumido com Carlos Eduardo dos Santos Nascimento, de 20 anos, após uma abordagem feita em um bar de Jundiaí, no interior de São Paulo, na tarde de 27 de dezembro. Agora, os agentes realizam serviços administrativos. A decisão foi tomada após uma investigação da Corregedoria da PM.

A Corregedoria identificou a viatura que fazia patrulhamento na região do Jardim São Camilo, onde o jovem estava, no horário e local indicados pelas testemunhas.

Leia também: “Passei o Ano-Novo buscando meu filho”: família denuncia desaparecimento de jovem negro após abordagem da PM há uma semana

A identidade dos policiais afastados não foi revelada, mas se sabe que eles são lotados no 49º BPM (Batalhão da Polícia Militar). O pai do rapaz chegou a ir ao batalhão, no fim do ano passado, à procura do filho. Lá, recebeu a informação de que não havia registro de abordagem na data, local e horário indicados.

O caso foi registrado como desaparecimento no fim do ano passado. Apenas seis dias depois a Policia Civil iniciou diligências para buscar o jovem e tentar elucidar o sumiço. “Não nos deram prazo nenhum. Nos disseram que iam começar as diligências para tentar encontrar meu filho. Mas tudo sem prazo”, disse o pai do jovem, o segurança Eduardo Aparecido do Nascimento.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, fundadora e CEO do portal Notícia Preta e podcaster do Canal Futura. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.