1ª turma de Estudos Africanos do país é graduada na UFMA

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) é a primeira e única instituição brasileira a oferecer o curso de Estudos Africanos e Afro-brasileiros.

Composta por doze formandos, a turma recebeu o título de licenciados no curso na última sexta-feira (07), após quatro anos de estudos. “Eles serão profissionais que formarão novos profissionais”, diz a notícia no portal da universidade.

O primeiro curso de graduação Licenciatura Interdisciplinar em Estudos Africanos e Afro-Brasileiros começou a ser oferecido em 2015 pela UFMA, criado e proposto pelo Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (Neab).

A realização do projeto foi coordenada pelo professor Carlos Benedito Rodrigues da Silva, pela professora Kátia Regis e pelo professor Marcelo Pagliosa. Segundo Benedito, a implantação da licenciatura se torna ainda mais importante no cenário do estado: “O Maranhão é o terceiro estado brasileiro com percentual de população negra, de uma diversidade cultural muito grande herdada do continente africano, como do ponto de vista da religiosidade, da musicalidade, entre outros”.

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.