YouTube Shorts lança homenagem a Arthur Friedenreich, O Tigre, para celebrar o Dia da Consciência Negra

Youtube Shorts

Projeto visa destacar a importância da data celebrando um dos maiores jogadores brasileiros de futebol de todos os tempos

Youtube Shorts
O rapper Djonga veste a camisa criada em homenagem ao Tigre

Para celebrar o Dia da Consciência Negra, que neste ano divide a data com a abertura do maior evento esportivo do planeta, o YouTube Shorts resgata a história de Arthur Friedenreich, o Tigre, grande futebolista brasileiro que, em 1921, não pôde participar da equipe brasileira simplesmente por ser negro. Além de criar uma camisa especial comemorativa para ressaltar a importância do Tigre para o mundo do futebol, o YouTube Shorts promove também uma série de conteúdos para contar a história do ídolo e um manifesto que destaca a influência da trajetória desse atleta na construção da luta contra o racismo no Brasil.

Em 1921, às vésperas da disputa do torneio sul-americano que foi realizada na Argentina, o presidente do Brasil à época, Epitácio Pessoa, determinou que apenas atletas brancos fossem convocados para a equipe brasileira, a fim de “preservar a reputação do país no exterior”. Por conta dessa determinação, Arthur Friedenreich, o maior jogador brasileiro no período, foi impedido de compor o time para representar o Brasil, que perdeu a competição naquele ano. Ao todo, Tigre marcou 595 gols em 650 jogos em sua carreira, atingindo uma média de gols maior que o próprio Pelé.

O rapper Djonga, importante voz na luta antirracista, é o responsável por contar a história do Tigre no vídeo manifesto que foi produzido pelo YouTube Shorts. “O objetivo do material é, além de trazer luz à história desse grande ídolo do esporte, ressaltar a importância do Dia da Consciência Negra, para que a data não seja ofuscada pelo início do maior evento do ano”, afirma Samanta Yokota, Gerente de Marketing do YouTube Brasil. Além do cantor, nomes importantes como Iza, Mc Soffia, Fioti, Tasha e Tracie, Luane Dias, Léo Bronks e Jean Paulo, entre outros, também vestem a camisa do Tigre para espalhar a mensagem.

LEIA TAMBÉM: Djonga coloca “fogo em racista” durante show em SP

Para encerrar a homenagem em grande estilo, o YouTube Shorts fará uma exposição celebrando Arthur Friedenreich a partir do dia 25/11, no Museu do Futebol, em São Paulo. Além de painéis expondo sua história de vida, camisas utilizadas pelo craque e um espaço interativo onde será possível assistir ao vídeo manifesto, a exibição contará com uma réplica customizada pelo artista Massai da taça da Copa América em que o Tigre foi impedido de participar. O YouTube Shorts também irá garantir dez ônibus para levar cerca de 400 crianças de instituições sem fins lucrativos para conhecer a exposição do Tigre e o Museu.

“Arthur Friedenreich foi um dos maiores jogadores do futebol brasileiro e sua história tem um significado enorme, já que marcou a luta contra o racismo e legado esportivo do país. Com esta campanha, salientamos a necessidade de fazer este tipo de retratação histórica, destacando O Tigre como um símbolo de todas as pessoas que ainda lutam contra injustiças sociais”, diz Samanta Yokota. “O YouTube permite que as pessoas contem suas histórias e as mostrem para todo o mundo. O que estamos fazendo com esse projeto é aproveitar essa potência da plataforma para relembrar a história desse jogador que foi colocado à margem dos holofotes e trazê-la com destaque para a discussão sobre justiça racial”, conclui.

1 Reply to “YouTube Shorts lança homenagem a Arthur Friedenreich, O Tigre, para celebrar o Dia da Consciência Negra”

  1. Rodrigo Candido disse:

    Alguma informação se essa camisa ficará disponível para a venda?

Deixe uma resposta

scroll to top
%d blogueiros gostam disto: