“Seu cabelo assusta as pessoas”, diz homem durante ofensa a modelo, em BH

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Seu cabelo assusta as pessoas, eu sempre quis falar isso com você. Disparou um homem para a modelo Ludmila Cassemiro.   

Na tarde do último sábado (9), a modelo mineira Ludmila Cassemiro postou em sua rede social um relato sobre uma situação de racismo sofrida por ela enquanto voltava da academia. Ludmila estava passando pelo bairro Cachoeirinha, região noroeste de Belo Horizonte, quando foi abordada por um homem que se dizia incomodado com seu cabelo e a forma com que usa e ainda disse que o cabelo da modelo assustava as pessoas. “Seu cabelo assusta as pessoas “.

Para justificar o “incomodo” com o cabelo de Ludmila, o homem disse ser modelo e acredita que tenha autoridade para falar sobre o assunto.  Ele continuou a ofender a modelo dizendo que “se for contar as pessoas que você assusta”. O vídeo mostra o momento que a modelo não deixa o homem continuar com as ofensas e o chama de racista. Em seguida o homem vai embora.

Em entrevista ao BHAZ, Ludmila conta que ficou muito nervosa e não conseguiu gravar o rosto do agressor, mas comentou que ele disse que ela devia evitar passar por aquele local, “porque meu cabelo era desproporcional e que ninguém tinha a obrigação de olhar para ele”, afirmou.

No vídeo postado em sua rede social, Ludmila lamenta que a situação não é um caso isolado e relata como nossos elementos são marginalizados pelas pessoas. “É uma situação recorrente nos nossos dias, não foi um caso isolado. O nosso cabelo é lido como palpável a críticas. As pessoas se sentem no direito de marginalizar os nossos elementos. Nosso cabelo não é um elemento estético e sim político”, comenta.

“Foram muitas as situações nas quais eu fui demitida, impedida de ter acesso a algum lugar, vaga por causa do meu cabelo ou por causa da minha imagem. Sempre a minha imagem foi colocada a frente do meu conteúdo, da minha capacidade intelectual, da minha capacidade de aprendizagem e de execução de um trabalho”, desabafa Ludmila, em sua rede social.

APOIO-SITE-PICPAY

Fernanda De Souza

Graduada em jornalismo pela Centro Universitário Uni-BH, com 7 anos de experiência com Monitoramento de Notícia (Clipping Eletrônico). Atuação na elaboração de análises quantitativas e qualitativas que atende as necessidades da assessoria de comunicação.Vivência com produção e reportagem para revista, na área cultural.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.