Sadio Mané inaugura primeiro posto de combustíveis em sua aldeia, no Senegal

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Passando férias em Bambali, sua aldeia natal, no Senegal, Sadio Mané, meia atacante do Liverpool, da Inglaterra, tem uma agenda extensa no país. De acordo com o Ponta de Lança, o senegalês vai inaugurar uma torre energética com acesso à internet 4G, além de serviços hospitalares com políticas de apoio às mulheres senegalesas e o primeiro posto de gasolina na sua comunidade.

Sadio Mané vai inaugurar o primeiro posto de combustíveis da sua aldeia natal – Foto: Reprodução Twitter Ponta de Lança

A atitude de Mané se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter nesta terça-feira (14). Alguns seguidores ressaltaram a importância da atitude e lembraram que, se alguns locais não possuem postos de combustíveis, o que dirá de serviços básicos. “O cara além de ser ídolo do futebol, é quase o presidente da aldeia dele. Aí vemos como alguns lugares ainda sofrem em pleno 2022, primeiro posto de gasolina. Imagina saneamento básico, comida e remédios”, comentou.

Cotado para ser uma das transferências africanas mais altas das história do futebol, Mané é reverenciado dentro e fora dos campos. Durante a pandemia, Mané doou 50 mil Euros ao governo de Senegal para cuidados com a população, além de ter inaugurado uma escola em sua cidade natal.

“A educação é a chave. A escola vem em primeiro lugar. Talvez se houvesse uma escola melhor quando era mais jovem, pudesse ter estudado mais. Não foi o caso. Todos os meninos da minha terra querem jogar futebol e ninguém quer ir à escola. Só querem ser jogadores de futebol como eu… Mas digo sempre para terem uma boa educação e estudarem. É claro que eles podem continuar jogando futebol, mas têm de perceber que os estudos os ajudam a ter mais sucesso”, afirmou em evento de inauguração da escola.

Leia também: Senegal e a busca pelo inédito título da Copa Africana de Nações

O Liverpool, atual clube de Sadio Mané pede o equivalente a R$ 263 milhões de Reais pela transferência do senegalês. O Bayer de Munique, da Alemanha, já ofereceu R$ 210 milhões para contar com Mané na próxima temporada, mas foi negado pelos ingleses, segundo informações do jornal alemão Bild.

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor do Notícia Preta.

2 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.