Rainha Elizabeth manda rever política de diversidade da Casa Real

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Após as acusações de racismo feitas por Meghan Markle e o príncipe Harry na entrevista à apresentadora americana Oprah Winfrey, no último dia 07, a Casa Real britânica decidiu que não basta apenas “discutir com a família e em particular”.

As declarações feitas pelo casal trouxeram à tona assuntos sensíveis à Coroa do Reino Unido e criaram um consenso de que algo deveria ser feito. 

A rainha Elizabeth II ordenou uma revisão das políticas de diversidade racial, étnica ou sexual que são aplicadas no recrutamento de pessoal no Palácio de Buckingham, na Clarence House, residência do príncipe Charles, e no Palácio de Kensington, residência do príncipe William e de Kate Middleton, os duques de Cambridge.

acusações de racismo feitas por Meghan Markle

As informações foram divulgadas por uma fonte da Casa Real ao Mail on Sunday, “as políticas, procedimentos e programas já existem, mas não vimos o progresso que gostaríamos de ver e aceitamos a necessidade de fazer mais e melhorar as coisas“. 

A  equipe da rainha começará a buscar as opiniões independentes de especialistas, empresários e personalidades do Reino Unido para verificar a percepção pública de como Buckingham lida com uma questão tão delicada no país como a raça. Entre os planos está a ideia de contratar um “diretor de diversidade” que possa promover na nobreza britânica.

A Casa Real também está conduzindo uma investigação interna sobre as acusações de assédio no local de trabalho feitas por vários ex-funcionários contra Markle, que descreveu o assunto como uma nova “campanha de difamação”.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.