Rio interrompe calendário de vacinação contra a Covid-19

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Pela terceira vez que a prefeitura do Rio interrompe o calendário de vacinação de idosos devido a falta de doses. Na noite desta quinta-feira (11), o  prefeito do Rio, Eduardo Paes, anunciou, que o município vai suspender a aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 em idosos de 75 anos, prevista para esta sexta-feira (12).

Segundo o prefeito, a procura pela primeira dose nos últimos dias superou as expectativas, o que zerou os estoques da secretaria municipal de saúde. A vacinação dos idosos com 76 anos ou mais, assim como a aplicação da segunda dose para quem já tomou a primeira, no entanto, serão mantidas.

Para que a vacinação retorne no Rio é preciso que o Ministério da Saúde entregue mais dosas. A primeira vez que o município interrompeu o calendário foi em fevereiro. Na última quarta-feira, a imunização chegou a ser suspensa em mais de 80 unidades.

O município previa aplicar 25 mil doses, mas segundo a prefeitura, o movimento acabou sendo maior e 38,6 mil pessoas, mais de 13 mil acima do previsto, foram imunizadas. Por este motivo, a prefeitura interrompe calendário de vacinação.

Leia, na íntegra, a manifestação da Secretaria Municipal de Saúde:

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS-Rio) informa que está suspenso o calendário de vacinação contra covid-19, a partir desta quinta-feira (11/03). Ou seja, idosos com 75 anos, que receberiam a primeira dose nesta sexta-feira (12/03), deverão aguardar o recebimento das vacinas.

Continuaremos a vacinação exclusivamente para idosos com 76 anos ou mais e da segunda dose do imunizante.

Os pontos de vacinação do município tiveram uma procura maior do que o esperado nos últimos dois dias. Neste tempo, a expectativa era aplicar 25 mil doses. No entanto, até o final desta quinta-feira (11/03), já foram vacinadas 38,6 mil pessoas: 13,6 mil doses além do previsto.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.