Polícia acha ossada que pode ser de um dos três meninos de Belford Roxo

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), encontrou, nesta tarde de sexta-feira (30), uma ossada enquanto fazia buscas em uma área próxima a uma ponte em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, onde teriam sido deixados sacos com os corpos de Lucas Matheus, de 9 anos, Alexandre Silva, 11, e Fernando Henrique, de 12 anos.

Imagens mostram momento em que agentes encontraram parte da ossada – Foto: Reprodução/Rede Globo

Os ossos encontrados se assemelham a costelas e estariam dentro de um saco preto. O material foi levado para perícia e deve demorar pelo menos sete dias para ser analisado, de acordo com informações obtidas pelo G1. A ação é feita com a ajuda de bombeiros do quartel de Belford Roxo e Grupamento de Buscas e Salvamento da corporação.

A informação surgiu a partir de uma denúncia, feita nesta quarta-feira (28), em que um homem que se apresentou à Polícia Militar, acusou o irmão de ter participado da ocultação dos corpos dos três meninos desaparecidos. O homem acusado pelo irmão de ocultação, na Baixada Fluminense, confirmou em depoimento que jogou um saco preto no rio. O denunciado afirmou a Polícia Civil que não sabia o que estava carregando.

A Delegacia de Homicídio da Baixada Fluminense pediu a prisão temporária do homem, mas a Justiça negou. Os dois irmãos foram liberados.

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.