Pogba desabafa após sofrer racismo: ‘Meus ancestrais e pais sofreram para minha geração ser livre’

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Paul Pogba, em ação pelo Manchester United diante do Wolverhampton Getty Images

O meio-campista do Manchester United, Paul Pogba, respondeu através de uma rede social aos insultos racistas de que tem sido alvo desde que perdeu um pênalti no empate do Manchester United contra o Wolverhampton na última segunda-feira pela Premier League

Pogba diz que tais insultos só o “fazem mais forte” e o motivam a “lutar pela próxima geração”. Desde o início da temporada, este já é o terceiro caso mediático de racismo no futebol inglês.

“Meus ancestrais e meus pais sofreram para minha geração ser livre hoje, para trabalhar, para pegar o ônibus, para jogar futebol. Insultos racistas são ignorância e podem apenas me fazer mais forte e me motivar para lutar pela próxima geração”, escreveu o jogador francês.

O início de temporada, na Inglaterra, tem sido marcado por aldiversos insultos racistas dirigidos a vários atletas. O primeiro caso da temporada foi o de Tammy Abraham, jogador do Chelsea, que errou um pênalti que deu a Supertaça Europeia ao Liverpool. Em seguida foi a ver de Yakou Meite, jogador do Reading, que foi insultado nas redes sociais após também ter errado uma cobrança de pênalti na derrota por 3 x 0 diante do Cardiff.

APOIO-SITE-PICPAY

2 Comments

  • Nossa luta é diária. Nossos antepassados conquistaram muitas coisas, mas ainda não somos totalmente livres e muitos irmãos não entenderam isso ainda

    • Com certeza nossos antepassados sofreram calado hoje nós podemos falar e ser apoiados. A luta continua

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.