Pela primeira vez, Procuradoria Geral de SP será dirigida por uma pessoa negra

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Inês Maria dos Santos Coimbra de Almeida Prado é a primeira pessoa negra a dirigir a Procuradoria Geral do Estado (PGE) de São Paulo em seus 75 anos de existência. Ela é a quinta mulher a assumir o cargo e foi nomeada pelo governador do Estado, Rodrigo Garcia (PSDB) na última segunda-feira (25).

Inês Coimbra é a primeira pessoa negra a se tornar procuradora-geral de Justiça do Estado de São Paulo – Foto: Arquivo Pessoal

Coimbra atuava como procuradora-chefe da assessoria jurídica do gabinete da Procuradoria Geral desde 2004 e substitui outra mulher, Maria Lia Pinto Porto Corona, no cargo desde 2019. Ela também faz parte da Associação dos Procuradores do Estado de São Paulo (Apesp).

Leia também: 56% das vítimas de letalidade policial em SP são negras, aponta pesquisa

“Essa não é uma conquista pessoal apenas. É uma conquista importante para um grupo maior, que transcende muito a minha vida. Um grupo que foi, por muito tempo, inviabilizado, especialmente as mulheres negras. Ascender a essa posição me traz essa alegria a mais. Em qualquer lugar que a gente esteja, também é um movimento de representatividade”, disse Coimbra em entrevista à jornalista Monica Bérgamo.

Procuradora estadual de carreira há 18 anos, Inês atuou nas áreas de regularização fundiária e imobiliário, habitação popular, concessões e Parceria Público-Privada (PPPs), além de ter mestrado em Direito do Estado pela PUC-SP, também é professora do curso de especialização em direito administrativo da instituição.

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

2 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.