Criança de 12 anos é acusada de injúria racial em jogo na Escócia

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Na escócia, um garoto de apenas 12 foi acusado pelo ato de injúria racial contra o atacante e ídolo do Rangers, Alfredo Morelos, jogador colombiano.

O atacante do Rangers, Alfredo Morelos comemorando o seu primeiro gol na temporada. Foto: Ewan Bootman/NurPhoto via Getty Images

A acusação veio após o clássico escocês entre Celtic e Rangers, no último 29 de dezembro de 2019, quando a Polícia Civil foi notificado sobre as supostas ofensas raciais.

Dessa forma, pelo garoto ser menor de idade, a identificação do garoto não foi publicada oficialmente. No entanto, a denúncia por injúria racial já foi iniciada pela polícia escocesa.

De acordo com um representante da polícia na Escócia, Mark Sutherland, qualquer tipo de preconceito dentro e fora dos estádios é “completamente inaceitável”.

Relembrando o caso de injúria racial sobre atleta do Rangers

O clássico escocês em dezembro do ano passado terminou com a vitória do lado azul do país, por 2 a 1, quando Morelos foi vítimas das ofensas raciais.

Na época, logo após o jogo do clube, o representante do Rangers comentou sobre a escuta dos gritos racistas contra o atleta colombiano.

“Acreditamos que o Morelos foi alvo de insultos raciais e esperamos que sejam tomadas todas as medidas para identificar e lidar com os responsáveis”, disse em entrevista no pós-jogo.

APOIO-SITE-PICPAY

Luis Fernando Filho

Jornalista formado pela UFSM, militante dentro dos movimentos negros e estudantis, com experiências em veículos de comunicação independentes. Um amante do futebol e apaixonado por histórias de pessoas reais. Minha maior paixão é a reportagem.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.