‘Olha esse preto achando que é playboy’, ouviu jovem espancado e roubado em Goiânia

APOIE O NOTÍCIA PRETA

‘Olha esse preto achando que é playboy’, jovem acredita que o ataque tenha tido motivação racial

Foto: Reprodução/Tv Anhanguera

Dois jovens negros foram agredidos e roubados, em Goiânia. O caso aconteceu na última última terça-feira (13), porém somente hoje (19) ganhou repercussão, Daniel Ribeiro e outro jovem, que não teve nome e idade revelada, foram brutalmente atacados, tendo um deles dentes quebrados, hematomas e outros ferimentos graves. O caso foi denunciado.  

O crime ocorreu, após andarem de patins no local, as vítimas chamaram um carro por aplicativo para irem embora. Neste momento, ambos foram ofendidos com ataques racistas. ‘Olha esse preto achando que é playboy’, conta Daniel Ribeiro em entrevista ao G1. Apesar de serem xingados, os rapazes ignoraram as provocações, quando de repente, Daniel começou a ser espancado e até desmaiou.

“Eu escutei meu amigo gritando: ‘Daniel, cuidado’. Fui olhar para trás e, a partir daí, eu já não me lembro de mais de nada. Lembro só do meu amigo me acordando no chão. Levaram os nossos dois celulares e a bicicleta do meu amigo, que estava me acompanhando até o carro. Minha mochila estava revirada. Minha roupa estava rasgada”, relata.

Quando retomou os sentidos, ele e o amigo foram levados a uma unidade de saúde, onde receberam atendimento médico. Daniel teve alguns dentes quebrados e hematomas no rosto, cabeça e braços. O amigo também teve lesões, mas menos graves que a dele.

A irmã de Daniel, Selina Ribeiro Souza, acredita que o fato de ele ser negro foi fundamental para as agressões. “É totalmente revoltante porque às vezes a gente pensa: se a cor dele fosse diferente, o tratamento seria diferente?”, questiona.

APOIO-SITE-PICPAY

Gabriella Reis

Jornalista, escritora e web-redatora. "Se ninguém te escuta, escreva!"

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.