O papel da mulher negra no combate ao racismo é debatido em roda de conversa

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Cidade de Brusque (SC) recebe evento que tem como ponto de partida a pergunta “O que é ser uma mulher negra?”

Peça convite das redes sociais – Foto: Divulgação

O racismo e o papel da mulher negra são os pontos de abordagem da roda de conversa que será realizada na próxima quinta feira (5), em Brusque (SC). O projeto “Eu Vejo Você” tem como objetivo compartilhar experiências para promover reflexões coletivas sobre o racismo e, para isso, a pergunta “O que é ser uma mulher negra?” norteará as discussões.

Segundo a coordenadora do projeto, Shayene Ferreira de Jesus, o evento é voltado às questões raciais em Brusque e ao protagonismo negro na cidade. “O projeto tem como base o diálogo, a afetividade e a democratização do acesso. São dois eixos, um mais teórico onde oferecemos as ferramentas para que se aprenda a combater o racismo, com rodas de conversas, vídeos, entrevistas. O segundo eixo ensina a utilizar essas ferramentas, através de oficinas e outros tipos de eventos mais práticos”, explicou.

Não dito
Shayene diz que o projeto surgiu da necessidade de se debater o racismo velado na cidade. “É um racismo que não é falado, não é exposto. As pessoas tem uma visão muito naturalizada do que é o racismo e como ele se projeta. Acho que o racismo em Brusque é sutil e ao mesmo tempo agressivo, porque ele silencia muitas vozes negras, ele não aborda essa questão como deveria ser abordada”, salientou.

Empoderamento feminino
Ainda de acordo com Shayene, o empoderamento feminino nós últimos tempos a alegra muito. “Elas estão quebrando essa barreira do silêncio, isso é muito importante, pois somos a base dessa pirâmide de privilégios. A mulher negra sofre muito com racismo, nunca nos calamos. Agora é que as pessoas começaram a escutar mais o que as mulheres negras tinham pra falar. Estamos na luta há muito tempo. Não há como falar de classe, raça ou gênero, sem falar da mulher negra”, alterou.

Serviço

Eu Vejo Você – O Papel da Mulher Negra
Local: Biblioteca Sesc Brusque
Rua Arno Carlos Gracher, 211 – Centro
19 horas
Entrada franca


APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.