Novo código disciplinar da FIFA permite que árbitros suspendam jogos em casos de racismo

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O novo código disciplinar da FIFA, divulgado nesta quinta-feira (11), permite que os árbitros suspendam um jogo de futebol por incidentes racistas, podendo mesmo encerrar a partida e atribuir a derrota ao time que cometeu o ato preconceituoso.

A mudança acontece quase 15 anos sem grandes alterações, o novo código da FIFA – desenvolvido após consulta das seis confederações de futebol e outras entidades relacionadas – introduz modificações significativas em áreas como o racismo e a discriminação que, segundo a Federação, colocam a entidade liderada pelo suíço Gianni Infantino “na linha da frente do combate a este ataque aterrador aos direitos humanos fundamentais”.

Árbitros poderão suspender um jogo de futebol por incidentes racistas Foto: Luis Robayo / AFP

“A Fifa não decepcionará as vítimas de abuso racista” disse o órgão em um comunicado, ressaltando que o novo código entra em vigor a partir da próxima segunda-feira (15) apenas nas competições oficiais da entidade, incluindo as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 no Catar.

A FIFA passou de cinco para 10 jogos o período de suspensão para jogadores e outros responsáveis que se envolvam em abusos racistas. A Federação também criará painéis de juízes para ouvirem as vítimas de racismo e discriminação.

As sanções ao nível das transferências também serão mais duras. Os clubes a poderão ser impedidos de contratar e inscrever jogadores caso tenham dívidas a jogadores, treinadores ou a outros clubes.

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.