“Não era bonita o suficiente”, ouviu Viola Davis sobre papel em série 

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A atriz Viola Davis relatou comentários preconceituosos que ouviu ao ser contratada para a série How To Get Away with Murder. Em entrevista ao jornal New York Times, ela desabafou ao fez um desabafo sobre o que ouviu de outros atores negros. “Um amigo disse a ela que ouviu atores e atrizes, todos negros, dizendo que ela não era bonita o suficiente para dar conta (do papel).”, disse. 

A atriz Viola Davis. Foto: Reprodução Redes Sociais

Também na entrevista, Viola comentou sobre o racismo que sofreu durante sua infância. Ela admitiu que era perseguida por colegas da escola constantemente, recebendo ataques, xingamentos racistas, além de jogarem pedras em sua direção. Em entrevista recente à People, a atriz contou que sua autobiografia a ajudou a “curar seu passado” ao relatar jornada desde quando era criança: “Tudo o que experimentei é o que me conecta ao mundo. Isso me deu um extraordinário senso de compaixão. É reconciliar aquela jovem em mim e curar o passado, e encontrar um lar.” 

Leia também: The Woman King: TriStar libera primeiras imagens do novo filme de Viola Davis

Vale lembrar que Viola está divulgando sua autobiografia intitulada “Finding Me: A Memoir”, que significa ‘Me Descobrindo’, em tradução literal. A obra conta os 55 anos de vida de Davis, começando por sua infância e as dificuldades que enfrentou como pobreza e violência, até os dias atuais, com seus trabalhos que a transformaram na atriz negra com maior quantidade de indicações ao Oscar. 

Já nos cinemas, a atriz interpretará a protagonista em “The Woman King”, drama de época, dirigido por Gina Prince-Bythewood. Inspirada na história do Reino de Daomé, a produção mostra a luta contra a dominação dos franceses durante o século 18 e 19. Davis foi vencedora do Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por atuar em “Um Limite Entre Nós” (2015), recebendo quatro indicações ao Emmy ao protagonizar na série de sucesso.  
 

APOIO-SITE-PICPAY

Wellington Andrade

Jornalista formado pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso) e pedagogo pela UERJ. Atualmente escreve para o Portal Notícia Preta e atua no segmento de assessoria de imprensa em parceria com a agência Angel Comunicação. Possui passagens por diferentes veículos como repórter, produtor e apurador, dentre eles TVs Record, SBT e Rede Vida de Televisão, além das rádios Bicuda FM, Nativa FM, Tupi AM e FM, Revista Ziriguidum Nota 10 e no portal especializado em Carnaval SRZD, do jornalista Sidney Rezende. Instagram: @reporterwellingtonandrade

2 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.