Meninos de Belford Roxo foram mortos por traficantes, conclui Polícia Civil

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O secretário de Polícia Civil, Allan Turnowski, afirmou, nesta quinta-feira (09), que traficantes da favela Castelar foram os autores do assassinato dos meninos de Belford Roxo, no Rio de Janeiro. A conclusão da Polícia Civil vem quase nove meses após o desaparecimento de Lucas Matheus, Alexandre e Fernando Henrique, que sumiram em 27 de dezembro de 2020.

Segundo as autoridades, traficantes da favela Castelar foram os autores do assassinato das crianças. O motivo dos homicídios seria o furto de passarinhos.

“Quem matou os meninos da Baixada foram os traficantes da favela Castelar. Desde o início, a gente tinha esse linha como mais forte, mas também a gente tinha outras linhas que, durante a investigação, foram sendo descartadas”

explicou o secretário, em entrevista ao RJ2

Segundo Turnowski, o chefe do tráfico do Castelar foi executado como queima de arquivo, no Complexo da Penha, após a polícia avançar na investigação.

Os autores do crime teriam pedido autorização ao chefe do tráfico para matar os meninos, mas não teriam dito que eram crianças. Até hoje os corpos dos meninos não foram encontrados.

“Deve ser concluído em pouco tempo, mas hoje a gente já pode afirmar que foi o tráfico de drogas responsável pela morte dessas crianças”

disse Turnowski.

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.