“Você merece tomar umas chibatadas”: médica é acusada de racismo em Ribeirão das Neves

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A filha de um senhor de 54 anos registrou um Boletim de Ocorrência na última segunda-feira (20), após o pai ser vítima de racismo. O homem recebeu atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte, e a médica do Pronto Socorro é acusada de cometer o ato racista. 

Foto: Google Street View

No momento em que foi questionado sobre a utilização do remédio para hipertensão, ele disse que toma pela manhã, mas às vezes esquecia de tomar a tarde. Nesse momento, a médica disse que o homem deveria “receber chibatadas” pelo uso incorreto da medicação e o problema de saúde está relacionado a sua raça. A filha do paciente chamou a Polícia Militar e, segundo o B.O, o fato da profissional ser branca e esfregar as mãos várias vezes no braço durante a consulta com um paciente negro, chamou a atenção da família dele.

Ainda de acordo com o depoimento da mulher, de 28 anos, e de seu pai, depois que o senhor informou sobre sua companheira separar o remédio e mesmo assim esquecer, a médica afirmou que o homem era negro e irresponsável. “O senhor é negro e é um irresponsável. Um irresponsável. Você viu quanto estava a sua pressão quando você chegou aqui?”, consta no documento.

Leia também: Pessoas em situação de rua sofrem ataques a bombas no centro de São Paulo

A nega a versão das vítimas e, de acordo com ela, parou o paciente e a acompanhante para explicar o quadro clínico, e que de forma “científica e técnica”, e que ele deveria ter cuidado com a pressão arterial por ser negro. De acordo com a médica, a filha do paciente a ameaçou de agressão, influenciou outros pacientes contra ela e gravou imagens e áudios sua sem autorização. Por esses motivos se dirigiu para um local seguro.

A Polícia Civil informou, por meio de nota, ter registrado a ocorrência por injúria. “A ocorrência foi registrada como injúria, na tarde de ontem (20/6), e atendida pela Polícia Militar que encaminhou os envolvidos ao Juizado Especial Criminal da Comarca de Ribeirão das Neves”.

“A Prefeitura Municipal de Ribeirão das Neves, através da Secretaria Municipal de Saúde, informa que está apurando os fatos, e que assim que as apurações estejam concluídas, as medidas que o resultado exigir serão tomadas”.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.