Mattel lança coleção de bonecas “Campaign Team” com uma Barbie negra concorrendo à presidência dos EUA

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Aproveitando o gancho das eleições presidenciais norte-americanas a Mattel, uma das maiores fabricantes de brinquedos do mundo, lançou o ‘Time de Campanha 2020 da Barbie’. Criado para expor as meninas a papéis de liderança pública e despertar seu interesse em moldar o futuro a nova coleção é composta pela candidata à presidência, que é uma boneca negra, coordenadoras de campanha e de angariação de fundos, além de uma eleitora.

“Com menos de um terço dos líderes eleitos nos EUA sendo mulheres, e as mulheres negras sendo ainda menos representadas nessas posições, projetamos a Equipe de Campanha Barbie com um conjunto diversificado de bonecas para mostrar a todas as meninas que elas podem levantar a voz”, Lisa McKnight, vice-presidente sênior e chefe global da Barbie & Dolls na Mattel, disse no comunicado de imprensa. “Nosso objetivo é remover barreiras à liderança, dando às meninas as ferramentas para imaginar e desempenhar seus papéis futuros”.

Os atos em torno do movimento Vidas Negras Importam nos Estados Unidos estão influenciando as eleições presidenciais que ocorrem no país em novembro deste ano. A Barbie candidata negra pode fazer alusão a vice-presidente de Joe Biden, que ainda não foi escolhida, mas o democrata garantiu que será uma mulher negra.

A estratégia de dar visibilidade à questões eleitorais usando a boneca não é nova. Em 1992, a Mattel lançou a primeira Barbie a participar de uma corrida presidencial – a ação de 2020 é a oitava do tipo.

A Mattel está atuando em parceria com a ONG She Should Run – “Ela deve concorrer”. A instituição trabalha para aumentar drasticamente o número de presenças femininas que pensam em disputar cargos públicos. A parceria visa fazer com que as garotas usem suas vozes para defender suas crenças e propósitos, enquanto se equipam com ferramentas para que se envolvam nessas discussões e sejam agentes de mudança no país.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, fundadora e CEO do portal Notícia Preta e podcaster do Canal Futura. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.