Schalke 04 anuncia afastamento de presidente acusado de racismo

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Por Jéssica Oliveira

O schalke 04 anunciou, na manhã desta quarta-feira (7), o afastamento do presidente Clemens Tönnies, após um caso de racismo. 

Presidente do Schalke 04, Clemens Tönnies – Foto: TF-Images/Getty

A decisão de se afastar da presidência do clube partiu do próprio dirigente. Em nota, o clube declarou que “alegações de violar a política do clube quanto aos princípios não-discriminatórios foram confirmadas. Clemens violou este dever, particularmente importante, no seu papel de chefe do conselho. Ele reconheceu a falha e expressou seu arrependimento”, afirmou a nota.

A declaração, considerada racista do então presidente do Schalke 04, Clemens Tönnies, foi dada durante um evento em Paderborn, na Alemanha. O dirigente criticou o aumento de impostos destinados a combater mudanças climáticas e sugeriu que o dinheiro fosse destinado a África para financiar energia elétrica para que os “os africanos parassem de cortar árvores e fazer bebês durante a noite”, atacou.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.