Luva de Pedreiro tem apenas R$ 7,5 mil na conta após contrato milionário

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Mesmo após ter assinado contratos recentes no valor de R$ 300 mil e R$ 1 milhão, o criador de conteúdo Iran Ferreira, conhecido como Luva de Pedreiro, movimentou apenas cerca de R$7.500 em suas duas contas bancárias neste ano.

A Amazon Prime Video pagou a quantia milionária para a divulgação do cardápio de eventos esportivos do serviço de streaming, entre eles a Copa do Brasil.

Nesta quarta-feira (22), o influenciador que tem 14 milhões de seguidores no Instagram, mudou de agenciamento de carreira, e os novos empresários informaram a coluna do jornalista Leo Dias quanto Iran tem em sua conta.

Iran tinha como responsável pela sua vida profissional Allan Jesus e de acordo com os novos gerenciadores, caso apareça outra conta bancária, o influencer não tem conhecimento da mesma.

O rompimento vem após uma série de polêmicas e questionamentos que envolvem a relação dos dois, e foi confirmada pelo Jornal Metrópole. Na última segunda-feira (20), Luva fez uma live no seu perfil do Instagram que dizia não aguentar mais e iria seguir sozinho com Deus e seus fãs. “Eu tô pelos meus seguidores, quero desabafar nessa p#rr* e estou de saco cheio já. Quem manda em mim é Jesus Cristo. Esses dias não vou postar vídeo não, vou ficar um tempo sem postar para esfriar a cabeça, fica enchendo o saco do cara”, afirmou ele na transmissão ao vivo.

De acordo com a coluna de Leo Dias no Metrópole, os novos gerenciadores não querem “ser identificados neste momento”. No perfil de Luva de Pedreiro, não possui mais a menção na biografia a Allan e ele não segue mais o ex-empresário.

Recentemente o criador de conteúdo assinou um contrato com a Amazon Prime Video para divulgação dos jogos da Copa do Brasil, transmitidos pelo serviço de streaming, o pagamento pelo serviço foi de 1 milhão de reais. Além disso a sua primeira publicidade teve um retorno financeiro de R$300mil, Iran também foi contratado pela empresa Pepsi para assistir a final da Champions League em Paris, França.

Leia também: “Paguei sim”, confessa Gabriel Monteiro sobre ter pago morador de rua para cometer crime

Os questionamentos dos internautas surgiram desde o estouro da Luva de Pedreiro nas redes sociais, na maioria dos stories que publicava Allan Jesus era marcado. Outro ponto é o digital influencer ainda morar em uma casa humilde no interior da Bahia. 

Allan Jesus inicialmente era empresário de jogadores de futebol através da ASJ Consultoria, como por exemplo Pablo, zagueiro do Flamengo e o argentino Darío Conca, além de ter passado por Douglas Costa, jogador do Juventus, e Thiago Silva, zagueiro da Seleção e Chelsea. Atualmente Allan é responsável pelas carreiras de Rafael Portugal, Victor Melo e Marcelle Casagrande, todos fora do meio esportivo.

APOIO-SITE-PICPAY

3 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.