Luana Assiz lança clipe Espelho de Oxum

APOIE O NOTÍCIA PRETA

No Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, a jornalista e compositora Luana Assiz lança o clipe “Espelho de Oxum”, que exalta a ancestralidade negra a partir da potência feminina.

Luana Assiz lança o clipe no Dia da Consciência Negra – Foto: Domi Meirelles

Segundo Luana, a inspiração para a música surgiu em fevereiro deste ano, na semana do aniversário da autora, a partir de leituras sobre a cultura afro-brasileira. “A letra reverencia a yabá associada às águas doces, conhecida pela vaidade, beleza e riqueza, mas também revela uma Oxum empoderada, guerreira, dona dos caminhos da diplomacia e de uma maternidade real: que cuida, protege e prepara os filhos para o mundo”, afirma.

Leia também: Streaming gratuito homenageia o ator e diretor carioca Zózimo Bulbul

Luana lembra que a obra que foi ponto de partida para a composição foi “Um Defeito de Cor”, de Ana Maria Gonçalves. Segundo ela, em determinado momento do livro, a protagonista é salva por Oxum e marcou muito sua memória. “Aquela cena foi muito marcante e ecoou em mim de tal forma que fui buscar mais informações sobre essa yabá, como parte do processo de reconhecimento da minha ancestralidade. Até que, munida dessas leituras e pesquisas, surgiu a inspiração”, revela.

Ela diz ainda que se inspira muito em Oxum, pela sua força e beleza. “Como Oxum, gosto dos olhares de admiração e busco ser luz para outras pessoas. Não é uma vaidade narcisista, mas uma vaidade que me impulsiona e projeta para frente, para a expansão. Acredito que a beleza vem do autoamor, que é estar em paz com tudo o que há em nós: por dentro e por fora. Isso nos fortalece para as batalhas diárias, mas também para os momentos doces que também fazem parte da vida“, afirma.

“Acredito que as características de Oxum dialogam com o empoderamento feminino no sentido mais amplo, defendido por Joice Berth, que é o do poder coletivo. Para isso, é preciso haver uma mudança estrutural na sociedade. Isso nunca nos foi dado. Tudo o que conquistamos sempre foi com luta. E para lutar, é preciso reconhecer a própria potência. Oxum é uma grande inspiração para isso”, conclui a compositora e jornalista.

O clipe poderá ser assistido no canal do YouTube da artista e jornalista, a partir do dia 20 de novembro.

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.