Jovem escritora é premiada em concurso nacional sobre cultura negra

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Janaína é estudante de jornalismo e terá seu conto publicado em um livro – Foto: Reprodução EPTV

Aos 21 anos, Janaína Bernardino, escritora de Ribeirão Preto (SP), foi premiada no concurso literário  “Não pararemos de lutar”, que celebra a cultura negra. Janaína escreveu o conto “No colo das Yabás, a força ancestral”, em homenagem à avó, Lourdes Ambrósio, falecida há dois anos. Janaína, que é estudante de Jornalismo, quis deixar registrado em sua escrita tudo o que a avó significou. “Eu quis homenageá-la de uma forma muito bonita, muito potente, sobre tudo o que ela significou. Venho de uma família matriarcal, minha avó era líder, protagonista, então nada mais justo que fosse dessa forma”, disse em entrevista ao G1. 

Janaína disse que a escrita sempre foi uma forma de fuga para os sentimentos, bons ou não. “Eu sempre vi a escrita como um refúgio, então, eu escrevia quando estava triste, escrevia quando estava feliz. Sempre me expressava dessa forma. Eu acho que a escrita é algo muito potente”, disse.

Opressão

Janaína lembrou ainda que a dor que ela sofre não é só dela, mas de toda uma comunidade negra, que sofre opressões desde sempre. “Eu não consigo falar de mim sem falar das opressões que me afetam e que afetam pessoas semelhantes a mim. A gente precisa buscar ferramentas para tentar sanar essa dor que nos atinge. Não foi diferente com a minha avó. Então, com a minha escrita eu tento potencializar e usar como uma ferramenta social para mudar esse cenário”, afirmou.

Janaína foi apoiada pela biblioteca Sinhá Junqueira, que apoia diversos projetos de jovens escritores, além disso, o conto será publicado em um livro que conta com a participação de vários autores brasileiros.

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.