Inscrições gratuitas para oficinas da “Semana de Cinema Negro de BH” vão até este domingo

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Estão abertas as inscrições para as oficinas gratuitas da “Semana de Cinema Negro de BH”. São duas formações gratuitas com vagas limitadas: “Programar filmes e construir imaginários: a potência do ofício da curadoria no cinema”, com o professor Heitor Augusto e “QuilomboCinema”, com a professora Tatiana Carvalho.

Tatiana Carvalho Costa Foto: Thaylane Cristina

Além das oficinas, a “Semana de Cinema Negro de BH”, que será realizada entre os dias 10 e 16 de abril, também vai contar com a exibição de filmes nacionais e internacionais,  debates e cinco mostras: “Maria José Novais Oliveira – Nossa atriz”, “Cinemas Africanos em revista: as origens do FESPACO”, “Surreal16 Collective- Um Novo Olhar para o Cinema Nigeriano”, “Cinema, negritude e poesia: uma homenagem a Sarah Maldoror” e o “Cine-Escrituras Pretas”.

Dentre as mostras, o “Cine-Esculturas Pretas” já divulgou as sessões: “Vivências afro-diaspóricas”, “Afetos e partilhas”, “Gritos e fabulações de cura” e uma sessão especial com o Filme “ATÉ O FIM” de Ary Rosa e Glenda Nicácio. Ao todo a semana conta com 50 cinematografias de realizações negras brasileiras, africanas e da diáspora.

Heitor Augusto Foto: Nathalia Henrique

A Oficina I- “Programar filmes e construir imaginários: a potência do ofício da curadoria no cinema” propõe, ao longo dos quatro encontros, discutir desde questões filosóficas até as estratégias práticas da curadoria, além de debater “táticas de sobrevivência”. Heitor Augusto, responsável pela primeira oficina é curador, crítico de cinema, pesquisador, tradutor e integra o Programmers of Colour Collective, rede internacional de curadores não-brancos.

Também com uma proposta decolonial a segunda oficina, “QuilomboCinema”, vai discutir trabalhos em pesquisa, crítica, curadoria e outros campos de reflexão por meio do pensamento de intelectuais afrodiaspóricos filmes em curta, média e longa-metragem. A oficina será ministrada pela professora Tatiana Carvalho Costa, integrante do FICINE – Fórum Itinerante do Cinema Negro – e conselheira da APAN – Associação de Profissionais do Audiovisual Negro.

As duas oficinas gratuitas, tem vagas limitadas, de acordo com a observação de critérios de gênero, raça e localidade para a seleção das pessoas participantes. As inscrições vão até o próximo domingo, (28/03) e podem ser feitas através do link.


OFICINA 1 | Programar filmes e construir imaginários: a potência do ofício da curadoria no cinema

Data: 12, 13,14,15 de Abril  

Horário: a definir (2 horas/aula)

Carga horária: 8h

OFICINA 2 |  QuilomboCinema

Data: 13, 14 e 16 de Abril

Horário: 9h a 12h (3 horas/aula)

Carga horária: 9h

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.