Ex-chefe da Fórmula 1 critica roupas de Hamilton e fala é considerada racista: “Se eu não soubesse que ele é piloto, nunca saberia”

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Perto de bater o recorde do alemão Michael Schumacher, o piloto Lewis Hamilton foi criticado pelo ex-chefe da Fórmula 1, Bernie Ecclestone. As críticas foram em relação ao trabalho e a maneira como o Hamilton se veste: “Basta ver a maneira que Hamilton se veste. Se eu não soubesse que ele é piloto, nunca saberia. Bastava olhar para Schumacher e Piquet para saber o que faziam. Estavam vestidos para o papel“, disse Ecclestone.

A relação de Hamilton com a moda vai muito além de suas camisas com dizeres antirracistas usadas com frequência como forma de protesto, o piloto é dono de uma grife de roupas que leva o seu nome – a TommyXLewis.

Além das críticas de cunho pessoal, o ex-comandante da maior entidade do automobilismo desmereceu as conquistas de Hamilton e disse que as vitórias de Schumacher tiveram um sabor diferente. “Schumi dirigia sozinho. Já Hamilton recebe ajuda de pessoas que o auxiliam na questão de pressão dos pneus e velocidade nas curvas“, disse Ecclestone.

A marca de Schumacher, que até então é dono do recorde absoluto, com 91 vitórias na Fórmula 1, poderá ser superada pelo piloto inglês justamente na Alemanha. No próximo domingo, no circuito de Nurburgring, no Grande Prêmio de Eifel, Hamilton terá mais uma oportunidade de se colocar como o maior vencedor da história da modalidade.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, fundadora e CEO do portal Notícia Preta e podcaster do Canal Futura. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

2 Comments

  • Luciana Santos

    (10/10/2020 - 17:30)

    Hum na única vez que o Barrichello venceu o Shumacher, foi obrigado a desacelerar e passar a vitória, pois era o número 2, ninguém ganha sem equipe e grana na fórmula 1 e o Hamilton sendo negro, ainda tem um peso há mais para carregar

  • robson ricardo medrado mota

    (12/10/2020 - 02:37)

    Engraçado é ele encher a boca e falar do schumacher o mesmo que foi desonesto em algumas corridas todo mundo sabe disso, o mesmo que não era pariu para o senna grande piloto, esse velho deve estar gaga senil

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.