“Estão tentando me calar”, diz Luva de Pedreiro após ex-empresário conseguir liminar para barrar suas entrevistas

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O ex-empresário do influenciador Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro, conseguiu uma liminar na Justiça para impedir a citação de seu nome nas matérias veiculadas por Globo e Record na noite deste domingo (03).

O influenciador utilizou suas redes sociais para falar aos seus seguidores que as reportagens foram “cortadas” após a liminar.

Aí minha tropa, agora foi que deu. Estão tentando me calar, estão tentando calar a minha boca. Quem sofreu foi eu, quem sentiu foi eu. Entraram com a liminar aí, que não é para passar a entrevista sobre eu falando sobre o assunto que todo mundo já sabe aí“, iniciou.

Uma liminar aí na Globo e na Record, não vai passar mais não. Porque estão tentando me calar, estão tentando calar a minha boca“, continuou.

A apresentadora do Fantástico, Poliana Abritta revelou, minutos antes da matéria ir ao ar, que a emissora recebeu uma notificação sobre uma liminar na justiça favorável à Alan. Na decisão, o canal fica proibido de levar ao ar qualquer conteúdo sigiloso entre o contrato de Luva e Alan, assim como qualquer outro conteúdo que fomente discurso de ódio nas redes sociais. O Fantástico divulgou a matéria, mas sem os dados agora sigilosos.

LEIA TAMBÉM: Luva de Pedreiro diz não ter lido contrato assinado com ex-empresário

O jornalista Roberto Cabrini, que entrevistou Luva para a Record divulgou o trecho sobre o rompimento do Luva com o ex-empresário assim que for possível: “Em virtude de uma liminar conseguida na Justiça por esse mesmo empresário cujo nome não iremos mencionar, estamos impedidos de falar desse impasse e exibir entrevistas sobre o assunto, o que será feito quando não existir mais entraves judiciais”, disse Cabrini.

APOIE O NOTÍCIA PRETA

2 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.