Morre aos 77 anos Cassiano, compositor de grandes sucessos e ícone do soul brasileiro

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O cantor e compositor Genival Cassiano dos Santos, o Cassiano, morreu nesta sexta-feira (7) aos 77 anos no Rio. Ele é autor de canções como “A Lua e Eu” e “Primavera”, esta última famosa na voz de Tim Maia. Cassiano estava internado desde o fim do mês passado no Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes, na Zona Norte.

Cassiano tinha problemas respiratórios e já precisou retirar um dos pulmões. A causa da morte do compositor não foi divulgada.

Cassiano é paraibano e chegou ao Rio de Janeiro em 1960. Era fã de João Gilberto e começou em um trio de Bossa Nova. Ao lado de Tim Maia, Carlos Dafé e Banda Black Rio ele criou o estilo vocal conhecido como Brazilian Soul, mas Cassiano gravou poucos discos como cantor.

Compositor Cassiano morre aos 77 anos

O sucesso veio nos anos de 1970, quando tocou guitarra no primeiro disco de Tim Maia, que gravou duas composições de Cassiano em parceria com Sílvio Rochael: “Eu amo você” e “Primavera”. Logo em seguida fez sucesso também na carreira solo.

Famosos lamentaram a partida do artista

Suas músicas também foram gravadas por Marisa Monte, Djavan, Ivete Sangalo.

Entre seus maiores sucessos estão “A lua e eu”, da trilha sonora da novela O Grito (TV Globo, 1975 / 1976) e “Coleção” que virou sucesso nacional ao ser propagada em 1977 na trilha de outra novela da TV Globo, Locomotivas.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.