Casal que teve carro guinchado denuncia racismo: “Preto não pode dirigir um bom carro”

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O casal de empresários Linda Araújo e Kaká Borges passeava em um carro de luxo da marca Lotus no último sábado (2), em Itapema, Santa Catarina, quando foi abordado por policiais militares. O veículo, para a surpresa dos dois, acabou rebocado. De acordo com Linda, em vídeo divulgado nas redes sociais, trata-se de um caso de racismo.

A empresária alega que o casal foi maltratado e retirado do veículo com truculência por quatro policiais armados. O marido, Kaká, era o motorista no momento da abordagem.

“Nosso carro está em dia, documento em dia… Tudo em dia(…)Não vou admitir esse racismo! Só porque ele é negro não pode estar dirigindo um bom carro? É surreal isso que está acontecendo aqui (…) Um preto não pode dirigir um bom carro! No Brasil, um preto não pode ter um carro bom”, disse, inconformada.

Assista ao vídeo:

De acordo com a PM, o casal foi autuado por “demonstrar ou exibir manobra perigosa e arrancada brusca”.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.