Morador do Complexo do Alemão lança museu virtual com jovens da comunidade

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Exposição se iniciou em 2019 e se adequou à pandemia – Foto: Maurício Lima

Primeiro projeto autoral do ator e performer Maurício Lima, o Museu dos Meninos, é uma obra transdisciplinar composta por uma série de ações nos campos do audiovisual, performance e artes visuais, que tem como principal ação um museu virtual, com 30 depoimentos de jovens moradores do Complexo do Alemão. Para ter acesso a esse material, foi criada uma série de visitas guiadas, totalmente online, ao acervo do museu virtual chamada Arqueologias do Futuro, mediadas pelo ator.

O Museu Virtual, foi lançado em novembro de 2019 e traz em seu acervo três coleções de vídeo-retratos realizados com jovens homens negros, entre 15 e 29 anos, moradores das favelas que compõem o Complexo do Alemão, zona norte do Rio de Janeiro.

Maurício Lima é cria da comunidade e idealizou o Museu dos Meninos com o propósito de criar e preservar memórias para o povo preto e favelado. “No Brasil, o atual estado de exceção que estamos vivendo, causado pela pandemia mundial de coronavírus, associada a um governo ultraconservador, abriu espaço para um aumento da violência policial nas favelas. Além disso, a negligência do estado brasileiro no combate ao coronavírus perpetua o projeto de genocídio da população preta e pobre”, afirma o idealizador do projeto.

Dinâmica das visitas

As visitas guiadas convidam artistas, pensadores, políticos e ativistas negros, nacionais e internacionais, que desenvolvam ações voltadas para a luta antirracista para debater sobre questões relacionadas ao racismo a partir das obras do Museu dos Meninos. Dentre os convidados, há nomes como Djamila Ribeiro, Erica Malunguinho, Black Archives e a deputada portuguesa, Joacine Katar.

A convidada da próxima visita guiada será Djamila Ribeiro, filósofa, escritora, ativista, colunista, pesquisadora e feminista negra. As visitas ao Museu dos Meninos- Arqueologias do Futuro acontece todas às quartas-feiras de agosto e setembro a partir das 15h pela plataforma Zoom.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, fundadora e CEO do portal Notícia Preta e podcaster do Canal Futura. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.