Dirigente do Vila Nova acusado de racismo diz que “racismo é dinheiro”

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Hugo Jorge Bravo disse que o Brasil está “mimizento” – Foto: Reprodução redes sociais

Na noite do último sábado (2), o atacante da equipe do Brusque (SC) foi chamado de “macaco” por um dirigente do Vila Nova (GO), em partida válida pela Série C do Campeonato Brasileiro. De acordo com relato do vice-presidente do Brusque à Rádio Sagres, de Goiânia, quem primeiramente ouviu as ofensas foi a assessora de imprensa do clube catarinense. “Nossa assessora de imprensa estava do lado de cá, aqui, fazendo o trabalho dela, e ela ouviu um senhor de calça preta chamando nosso atacante, Jefferson Renan, ‘levanta aí, seu macaco’. Isso aí hoje no futebol não cabe mais”, lamentou. 

A assessora de imprensa do Brusque, Lara Vantzen disse que os dirigentes do Vila Nova ainda questionaram se ela tinha escutado ou não, mas, segundo ela, foi muito nítido. “Um dirigente [do Vila Nova] falou ‘levanta aí, seu macaco’. Chamei um dirigente do Brusque. Quando fui reclamar, uma pessoa do Vila veio falar que ‘eu não tinha provas para acusar’. Ali, eles já se entregaram”, afirmou.

Racismo é dinheiro

Hugo Bravo, presidente do Vila Nova (Goiás) classificou como piada a acusação de racismo feita pela direção do Brusque e que o brasileiro, de modo geral está “mimizento”. Vocês vão me desculpar: racismo hoje é dinheiro. Para com isso. Coloca eu, neguinho, andando em um carro top e vê se a mulherada não vai olhar. Hoje a sociedade arrebenta quem é pobre, seja preto, branco o que for. Quem se lasca nesse país é a classe média. O futebol está acabando por causa disso: é diretor mimizento, é imprensa mimizenta, é jogador mimizento. Hoje as pessoas estão se preocupando menos com Deus e vem uma piada dessa”, disse o mandatário do colorado goiano. 

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.