Deputado bolsonarista do MT diz que desembarque de médicos cubanos na Itália lembra ‘chegada dos navios negreiros’

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O deputado federal José Medeiros (Podemos) do Mato Grosso fez declarações racistas em suas redes sociais, neste domingo (22), sobre a chegada de médicos cubanos na Itália. O político, que é vice-líder do governo Bolsonaro, escreveu em seu twitter que a chegada dos profissionais “Faz lembrar a chegada dos navios negreiros”.

Neste domingo (22), mais de 50 operadores sanitários cubanos chegaram em Milão, no norte da Itália, para ajudar o país no combate à pandemia do novo coronavírus. A comitiva inclui 37 médicos e 15 enfermeiros que trabalharão no hospital de campanha de Crema, na região da Lombardia, atual epicentro da pandemia.   

Após a publicação altamente criticada nas redes, o deputado fez um novo post reiterando seu racismo. “Estão me acusando de racismo e xenofobia por ter falado que Cuba trata seus médicos feito ESCRAVOS, pois reitero aqui que é exatamente o que fazem! Ficam com o dinheiro pago por outros países para estes profissionais, restando a cada um deles só o necessário para a subsistência. SOU RESPONSÁVEL PELO QUE FALO, não responderei por distorções feitas por canalhas…”, publicou o parlamentar.

A Itália é o país europeu mais atingido pela pandemia de coronavírus, com 59 mil casos e quase 5,5 mil mortes. Já Cuba tem 21 contágios e um óbito, de um cidadão italiano. 

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, fundadora e CEO do portal Notícia Preta e podcaster do Canal Futura. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.