Cristina Edite, ex-participante do MasterChef, denuncia racismo nos bastidores

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A ex-participante do MasterChef Brasil 2021, Cristina Edite, denunciou em suas redes sociais no último sábado (02),ter sido vítima de racismo nos bastidores do programa exibido pela Band. Em um vídeo, a cozinheira comenta a falta de fotos de divulgação dela durante o episódio de repescagem que será exibido na próxima terça-feira (05).

“Eu não consigo entender determinadas relações referentes ao Masterchef. Primeiro me tiraram do grupo de divulgação, depois, eu não tenho uma única foto de divulgação da repescagem. Todos os participantes tem”

declarou Cristina em uma postagem no Instagram

Segundo a cozinheira, a explicação da emissora sobre a baiana não ter fotos era um problema de imagem:

Durante todo o período que eu reclamei, disseram que o fotógrafo não conseguia capturar bem a minha imagem. Deve ser porquê eu sou negra que ela não tem facilidade em fotografar”,

disse a ex-participante do MasterChef

Leia também: Ana Paula Padrão é criticada ao falar que carne de bode é para “pessoas que possuem pouco”

A ex-participante eliminada da competição em agosto, após errar um prato da culinária indígena, voltou à cozinha em busca de uma nova chance.

Sobre a competição, Cristiana ainda falou que os participantes que possuem mais seguidores nas redes sociais são ganhadores das provas. “Eu ganhei a primeira prova. A segunda vai para quem tem mais seguidores, sempre. Na verdade, é um MasterChef de seguidores. Quem tem mais seguidores, ganha”, disse.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.