“Cambada de racista que não aceita ver mulher preta ocupando todos os espaços”, afirma Thelma após ataques racistas

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A médica Thelma Assis vem sofrendo diversos ataques racistas nas suas redes sociais. Nesta segunda-feira (17), Thelminha, como é carinhosamente conhecida, publicou uma série de comentários no perfil oficial do seu Twitter. “Hoje tirei o dia pra estudar. Vim dar uma olhada no Twitter e um monte de gente me marcando pra jogar hate. Gente tóxica que cria rivalidade onde não existe e não perdem a oportunidade de me atacar. Cambada de racista que não aceita ver mulher preta ocupando todos os espaços”, escreveu a vencedora do Big Brother Brasil 20.

Print da postagem da médica na madrugada desta terça-feira (18) – Foto: Reprodução Instagram

Ela não deu detalhes sobre os ataques racistas que sofreu, mas afirma acreditar que muitos que disseminam esses comentários não aceitam o fato dela ter vencido o reality show em 2020, e ter construído uma carreira sólida fora do programa. “Superem a minha vitória no BBB, pois o dinheiro já tá rendendo faz mais de 1 ano. Segundo: eu tenho social mídia autorizada pra deixar de seguir quem me ofende ou é conivente com qualquer tipo de ofensa. Minha saúde mental vocês não vão tirar”, concluiu a médica.

Em janeiro deste ano, a Revista Marie Clarie fez uma matéria sobre mulheres no Big Brother Brasil e deixou a campeã da edição 2020 de fora. Rapidamente os internautas questionaram a revista e a criticaram “faltou a foto da ganhadora”, “só faltou a campeã”. Na tentativa de se justificar, a revista respondeu que a foto de Thelma estava na matéria e que ela foi capa do mês de novembro, mês da consciência negra. Mas não colou, os seguidores continuaram as críticas: “desculpinha furada”, “não sei o que é pior, a postagem ou a resposta”, foram alguns dos comentários.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.