Benedita da Silva e Enfermeira Rejane formam chapa e concorrem a Prefeitura do Rio

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Duas mulheres negras formam chapa e se lançam na disputa a Prefeitura do Rio de Janeiro. Encabeçada pela deputada federal Benedita da Silva (PT), e tendo como vice a deputada estadual Enfermeira Rejane (PCdoB), esta é a única chapa, até o momento, formada por duas mulheres negras.

O PCdoB anunciou na última quarta-feira (16)) a escolha da deputada estadual Enfermeira Rejane para disputar a corrida eleitoral ao lado de Benedita. Em discurso feito em convenção exibida nas redes, Rejane destacou a importância de ter uma chapa formada por duas mulheres negras e falou sobre uma maior unidade da esquerda carioca: “Essa nossa unidade, Benedita, vai mostrar pro nosso povo muita coisa, mas também vai fazer que nossos partidos consigam realmente chegar no segundo turno para falar que essa unidade não pode ser só a gente, tem que ser a unidade do povo, de todos os partidos de esquerda”, declarou a candidata a vice.

“Já pensou, Rejane? Duas negonas! A mensagem que a gente vai passar já é um sonho”, disse Benedita.

No mesmo dia, o PT oficializou a candidatura de Benedita da Silva. A atual deputada federal de 78 anos já foi senadora, vereadora, além de governadora e vice-governadora do Rio de Janeiro. Benedita foi a única governadora a comandar o Estado do Rio nos últimos anos e que nunca foi afastada do cargo ou presa por corrupção.

Em uma carta enviada à militância do PCdoB, a então pré-candidata do partido, deputada estadual Rejane de Almeida, conhecida como Enfermeira Rejane, disse que uma orientação a nível nacional resultou em uma “nova conformação num processo de aliança e de retirada do protagonismo do partido na disputa pela Prefeitura do Rio”.

“Acato a decisão de meu partido de retirar minha candidatura a prefeita do Rio, cidade que está gravada no meu coração e mente e é parte de minha identidade”, diz Rejane na carta.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.