BBB 21: deputado apresenta queixa-crime contra Lumena por “racismo” direcionado à Carla Diaz

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O deputado estadual Anderson Moraes (PSL) apresentou uma notícia-crime contra a BBB Lumena na Delegacia de Combate a Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) nesta terça-feira (9). O deputado Bolsonarista solicita que seja aberto um inquérito para que se investigue a prática de ‘racismo’ por parte de Lumena, algo que não é possível, pois não existe racismo contra pessoas brancas.

O deputado que denuncia a psicóloga baiana poderia concentrar suas forças mais em seu mandato e menos no BBB já que a qualquer momento ele pode ser expulso do PSL. No ano passado o Facebook moveu uma ação contra o partido devido as denuncias de criação de perfis fakes usado por parlamentares bolsonaristas para disseminar notícias falsas. Anderson Moraes é apontado pelo Facebook como um dos integrantes da rede que usava contas falsas, robôs e spam para espalhar desinformação.

A denuncia do deputado contra Lumena é pautada no que aconteceu no sábado (6), após a “Prova do Anjo”. A baiana criticou a aparência de Carla Diaz para a colega de confinamento, Karol Conká e chamou a atriz de “sem melanina”, “desbotada” e “olho de boneca assassina”.

Sem conhecimento algum de causa o deputado, mais famoso por polêmicas do que por elaboração de projetos de lei, considerou a fala pejorativa e uma ofensiva generalizada à ‘raça branca’. “Um caso claro de racismo de duas jovens negras contra pessoas brancas. Pedi para a Decradi apurar os fatos e se manifestar pela expulsão dela do programa. Se fosse o contrário, o que seria igualmente crime, já teriam se mobilizado para combater o racismo”, justificou o parlamentar sobre o pedido de expulsão de Lumena do reality da Globo.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

1 Comment

  • jorge freitas

    (10/02/2021 - 14:37)

    Moro em Salvador, sou neto de indio. Nao vejo dessa maneira que voces colocam. Racismo é sobre qualquer cor. Infelizmente nossos irmaos pretos sao mais racistas que as demais cores. sou pela constiruiçao brasileira: Somos todos iguais perante a lei e a constituiçao. se o preto tem direito de se sentir ofendido, o branco, o cafuzo o indio etc tem o mesmo direito. tenho 55 anos, sempre vivi bem com todas as cores desde criança. nunca tivemos essa presepada de cor tal e tal. o amor infantil entre as crianças, adolescente e depois de adulto nunca precisamos separar quem era cor tal e tal. só agora depois da esquerda nazista criando o apartheid e separatismo foi que isso passou a acontecer. posso falar isso pela lei de liberdade de expressao e por conviver entre todas as cores e sou lider comunitário onde moro. Deixem de semear contendas e separatismo entre as cores de nosso país miscigenado. No pleno direito de ser humano que somos e aí voces fazem um desserviço a sociedade brasileira.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.