Brancos representam 60,4% dos vacinados contra a Covid-19 nos EUA

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Dados iniciais dos EUA indicam que negros e latinos estão ficando para trás na vacinação contra a Covid-19. Um mês e meio após o início da campanha de vacinação, apenas 8,3% dos norte-americanos receberam pelo menos uma dose, e só 2% da população (6,7 milhões) completou o tratamento.

Segundo os dados do Centro para o Controle e a Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), 60,4% dos indivíduos que receberam a vacina nos EUA são brancos, 11,5% são hispânicos, 6% asiáticos, e 5,4% afro-americanos. Os demais pertencem a outras etnias.

Os latinos receberam 11,5% dessas vacinas, embora representem 13% dos profissionais de saúde e 5% dos residentes de asilos. Já os brancos receberam 60,4% das doses e representam 60% dos profissionais de saúde e 75% dos residentes em lares de idosos.

Nos Estados Unidos, as minorias étnicas foram as mais infectadas pelo vírus. Afro-americanos, hispânicos e indígenas morrem três vezes mais de coronavírus do que os brancos, e as internações são quatro vezes mais frequentes, segundo os dados do CDC. 

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.