Bahia inaugura serviço telefônico para denunciar racismo no estado

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Ao sofrer ou presenciar algum ato de racismo, quem for denunciar tem uma quantidade enorme de burocracias para cumprir. Na Bahia passou a ser diferente desde a última quinta feira (31). As pessoas já podem fazer as denúncias através do telefone disponibilizado pela Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), ação que integra o calendário estadual Novembro Negro.

Crimes de racismo podem ser denunciados pelo telefone – Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Intitulada como “Todas as Vozes contra o Racismo. Todas as leis contra os racistas”, as denúncias devem ser feitas pelo telefone (71) 3117-7448, de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h, e também das 14h às 18h.

O Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela, será responsável por receber todas as denúncias registradas, além de oferecer apoio psicológico, social e jurídico às vítimas de racismo e de  intolerância religiosa.

Em nota, a Secretaria informou que o serviço terá continuidade ao longo do ano e a expectativa é que a ação possa facilitar o combate ao racismo ao denunciar os casos e mobilizar ainda mais a sociedade contra a prática. Ainda de acordo com a Sepromi, os casos também podem ser registrados presencialmente no Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela. 

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.