Sobrinha da prefeita de Cachoeira é morta a tiros; prefeitura acredita que crime não tem relação com ameaças

APOIE O NOTÍCIA PRETA


Na madrugada desta terça-feira (4), uma das sobrinhas da prefeita de Cachoeira-BA, Eliana Gonzaga, foi morta a tiros na cidade de Conceição da Feira, a 100km da capital Salvador. A assessoria da prefeita, no entanto, contou que o crime não tem nenhuma relação com as ameaças que a gestora vem sofrendo. 

De acordo com a Polícia Civil da Bahia, além da sobrinha da prefeitura, um homem também foi morto na ação dos bandidos. Os dois corpos foram encontrados com marcas de tiros numa residência. A autoria e a motivação do crime serão investigadas.

A assessoria da prefeita, Eliana Gonzaga, não relacionou crime a ameaças que vem sofrendo. Foto: Alberto Maraux / SSP-BA

Constante ameaças

No dia 20 de abril, um grupo de 56 movimentos negros e sindicais emitiram uma nota de solidariedade à Eliana Gonzaga (Republicanos), prefeita da cidade baiana de Cachoeira, que vem sofrendo ameaças de morte e pressões para que renuncie ao cargo e, com isso, os movimentos solicitaram agilidade da justiça na apuração do caso. 

Histórico de violência

Eliana venceu as eleições em 2020, alterando o histórico de disputas ganhas anteriormente, em que, por 16 anos, a Família Pereira permaneceu no governo do município. O período eleitoral foi marcado por falas e atitudes racistas contra Eliana e, com a sua vitória, se transformaram em ameaças direcionadas a ela, familiares e amigos, sendo necessário a retirada dessas pessoas da cidade de Cachoeira e a mudança para Salvador.

Leia também: 44.3% candidatas negras sofreram agressões racistas durante as eleições, segundo levantamento do Instituto Marielle Franco

Dois dias após o resultado da eleição, Ivan Passos, um dos cabos eleitorais de Eliana foi assassinado com 10 tiros. Em seguida, houve o segundo homicídio de pessoas próximas a ela, Georlando Silva, morto com 19 disparos, sendo que este, foi uma das pessoas que se mudaram para Salvador, após receber ameaças.

Investigação

Também em nota, a Polícia Civil informou que as investigações estão em andamento, porém não pode repassar mais detalhes sobre o caso, uma vez que está correndo sob segredo de justiça

APOIO-SITE-PICPAY

Thiago Augustto

Um filho negro adotado. Thiago Augustto faz questão de marcar sua existência pela raça e pela oportunidade de viver. Transformou o tabu da adoção num grande motivo de orgulho. É criador de conteúdo e palestrante. Se formou em jornalismo em 2014, desde então, trabalha na TV Globo Recife, atuando como produtor e repórter. No Notícia Preta, é editor e coordena os colaboradores das regiões norte e nordeste. Em 2021, criou o Futuro Black - um banco de talentos e de fontes profissionais pretas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.