Babalorixá Jair de Ogum, conhecido como rei da umbanda no Brasil, morre aos 76 anos

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Jair de Ogum em 2003 Foto: Marcelo Theobald / Agência O Globo

O sacerdote Jair de Ogum teve uma parada cardiorrespiratória nesta segunda-feira (31) e não resistiu. Jaime Jair de Ogum Faislon tinha 76 anos e estava internado no hospital São Bernardo, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, desde o dia 13 de agosto, em decorrência de uma pneumonia.

O Babalorixá se tornou um dos dirigentes de Umbanda mais conhecidos do Brasil. Filho de Ogum e Oxum, Jair nasceu em Itabuna, na Bahia, em 22 de março de 1944 e foi iniciado na religião em Olaria, na Zona Norte do Rio, aos 17 anos. Ao fim da vida, morava no bairro do Pilar, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Jair de Ogum foi pai de santo de diversos famoso como as atrizes Soninha de Paula e Arlete Salles e o cantor Elymar Santos.

Em 1977, Jair de Ogum fundou em Itaguaí o templo e a Associação Beneficente Ilê da Oxum Apará, instituição espírita de caridade e utilidade pública. O Babalorixá foi homenageado inúmeras vezes devido sua obra recebendo diversas honrarias de instituições públicas e religiosas. Em 1994, a Assembléia Legislativa do Rio (Alerj) concedeu-lhe o título de cidadão do estado do Rio de Janeiro e a Medalha Tiradentes. Dois anos depois, foi coroado o Rei da Umbanda no Brasil. Em 2004, recebeu também a Medalha Pedro Ernesto da Câmara de Vereadores do Rio.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.