Após xingar chef de cozinha de ”Vagabunda”, secretário de saúde da Bahia pede exoneração do cargo

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Nesta terça-feira (3), o secretário de Saúde da Bahia, pediu exoneração do cargo. A sua saída aconteceu após o caso de ofensa contra a chef do restaurante Preta, Angeluci Figueiredo, no último domingo (1º), depois que a empresária comunicou a Vilas-Boas que a reserva feita por ele, para o restaurante que fica na Ilha dos Frades, na Baía de Todos-os-Santos, em Salvador, teria que ser cancelada, por causa do tempo chuvoso na capital baiana. 


Na ocasião, a Capitania dos Portos recomendou a restrição de navegação na Baía de Todos-os-Santos, por causa da instabilidade do tempo e das variações do vento. A travessia Salvador Mar Grande também foi suspensa, mas Fabio Villas-Boas não gostou da decisão e passou a ofendê-la por mensagens no WhatsApp 


Em nota, o governo da Bahia informou que o médico cardiologista entregou uma carta com pedido de exoneração do cargo e a solicitação foi aceita pelo governador Rui Costa. Na carta, o médico agradeceu a confiança do governador e também desculpou-se por episódios recentes envolvendo a empresária Angeluci Figueiredo.


Ainda de acordo com o governo, o substituto de  Fábio Vilas-Boas será anunciado nos próximos dias. Interinamente, a pasta será conduzida pela subsecretária Tereza Paim.  

APOIO-SITE-PICPAY

Thiago Augustto

Um filho negro adotado. Thiago Augustto faz questão de marcar sua existência pela raça e pela oportunidade de viver. Transformou o tabu da adoção num grande motivo de orgulho. É criador de conteúdo e palestrante. Se formou em jornalismo em 2014, desde então, trabalha na TV Globo Recife, atuando como produtor e repórter. No Notícia Preta, é editor e coordena os colaboradores das regiões norte e nordeste. Em 2021, criou o Futuro Black - um banco de talentos e de fontes profissionais pretas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.