Após PM ser absolvido, viaturas rondam casa de adolescente negro assassinado em SP

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Fonte: R7

Vídeos mostram policiais rondando a casa onde morava o jovem Guilherme Silva Guedes, de 15 anos, após o sargento Adriano Fernandes de Campos ser absolvido da acusação de ter participado do assassinato do jovem. O julgamento aconteceu na última quinta-feira (14).

Imagens gravadas no último final de semana, e divulgadas pela Record TV, mostram viaturas nos arredores da casa onde o jovem vivia com a avó, em Americanópolis, zona sul de São Paulo. Guilherme foi morto em junho do ano passado.

Com medo, a mãe de Guilherme protocolou uma denúncia na corregedoria da Polícia Militar, na segunda (18). No entanto, o órgão informou que a análise das imagens leva, pelo menos, 120 dias.

Um dos vídeos mostra o momento em que um policial desembarca da viatura e fotografa a casa da família. Outro registra uma viatura estacionada e policiais transitando, sem ocorrência aparente. 

Além de viaturas de área, a família denuncia a presença de equipes do Batalhão de Ações Policiais (Baep) no local.

O caso

No dia do crime, Joice, mãe do adolescente, contou à Record TV que o filho estava com a família em um churrasco, na casa em que morava, quando decidiu acompanhar a avó, dona Antônia, até a casa dela.

Após deixar a avó dormindo, por volta das 2 horas, Guilherme ficou conversando com um amigo no portão. Depois disso não foi mais visto. Um circuito de segurança mostra o momento em que o menino é abordado por um homem armado.

Guilherme foi reconhecido no Instituto Médico-Legal (IML), no dia seguinte ao do desaparecimento. Seu corpo apresentava marcas de agressão e tiros.

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.