Vagas de empregos para etnias viram alvo de ação da PGR

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Uma ação da Procuradoria Geral da República (PGR) quer criminalizar processos seletivos para vagas de emprego que tenham como foco apenas uma etnia, embora não haja citação direta a pessoas negras. Para Irapuã Santana, advogado voluntário da Educafro e presidente da Comissão de Igualdade Racial da OAB/SP, é preciso ter muito cuidado ao analisar o processo proposto pela PGR para que não venha a prejudicar as ações afirmativas já definidas pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

PGR quer criminalizar processos seletivos para pessoas negras – Foto: Pavel Danilyuk/Pexels

“Seria um retrocesso muito grande se essas medidas no âmbito privado se tornassem proibidas. É importante nós colocarmos para fazer com que esse tipo de medida pretendida pelo Ministério Público não venha a prejudicar a população negra.”, alerta Irapuã.

Leia também: Empresa que postaram “BlackLivesMatter” são as que menos empregam pessoas negras

Vale lembrar que na tentativa de ampliar a diversidade em seus quadros, diversas empresas têm realizado recentemente programas de recrutamento específicos para a contratação de profissionais negras. Mas, por outro lado, a promoção de vagas para pessoas negras ainda geram repercussão negativa em uma parcela da população brasileira.

Recentemente, uma vaga de emprego publicada no Twitter extrapolou a bolha da rede social e levantou comentários, ameaças e xingamentos à podcaster Déia Freitas, do canal Não Inviabilize. O motivo era a vaga direcionada a mulheres negras e indígenas. As críticas e acusações de discriminação demonstram assim uma herança marcado pelo racismo no Brasil.

APOIO-SITE-PICPAY

Wellington Andrade

Jornalista formado pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso) e pedagogo pela UERJ. Atualmente escreve para o Portal Notícia Preta e atua no segmento de assessoria de imprensa em parceria com a agência Angel Comunicação. Possui passagens por diferentes veículos como repórter, produtor e apurador, dentre eles TVs Record, SBT e Rede Vida de Televisão, além das rádios Bicuda FM, Nativa FM, Tupi AM e FM, Revista Ziriguidum Nota 10 e no portal especializado em Carnaval SRZD, do jornalista Sidney Rezende. Instagram: @reporterwellingtonandrade

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.