“Sou a pessoa menos racista nesta sala”, diz Trump em debate

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O presidente Donald Trump e o candidato democrata Joe Biden realizam nesta, quinta-feira (22), o último debate antes das eleições. Esta foi uma das últimas oportunidades de destaque para o atual presidente mudar a trajetória de uma campanha cada vez mais contestada.

Em uma das perguntas feitas pelo democrata para Trump, Biden questionou por que os americanos deveriam apoiá-lo se estão preocupados com seus comentários sobre questões raciais, como Black Lives Matter. O democrata disse que Trump é ‘um dos presidentes mais racistas que já tivemos na história moderna‘.

Sem cerimônias, Trump respondeu “Sou a pessoa menos racista nesta sala”. Desconsiderando o fato da moderadora do debate, a jornalista Kristen Welker da NBC, ser uma mulher negra. O atual presidente afirmou ainda que tinha feito mais do que qualquer presidente desde Abraham Lincoln pelos afro-americanos.

Biden, no entanto, pareceu pegá-lo de surpresa ao zombar das alegações. “Abraham Lincoln aqui é um dos presidentes mais racistas que já tivemos na história moderna”, disse Biden. 

Com menos de duas semanas para o dia da eleição, Biden está liderando a maioria das pesquisas nacionais e tem uma vantagem menor no campo de batalha dos estados que podem decidir a disputa. Mais de 42 milhões de pessoas já votaram.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.