Responsável pelo Enem é trocado menos de quatro meses antes da prova

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Com o segundo menor número de inscritos desde a criação, o Exame Nacional do Ensino Médio tem o responsável trocado a menos de quatro meses da realização das provas.  O ministro da Educação Victor Godoy anunciou nesta quarta-feira (27) através das redes sociais que o atual presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pelo Enem, será trocado no início do próximo mês.

Danilo Dupas deixa o cargo / Foto: Luis Fortes/MEC

O atual presidente Danilo Dupas deixa o cargo que será assumido por Carlos Moreno que até então ocupava o cargo de Diretor de Estatísticas Educacionais do Inep. O ministro Godoy iniciou o comunicado com o anúncio da troca do responsável pelo Enem: “Anuncio que a partir de 1° de agosto o diretor Carlos Moreno será o novo presidente do Inep, respondendo interinamente e garantindo a continuidade dos exames e avaliações fundamentais para toda a sociedade brasileira”.

Ainda segundo Godoy, a saída do ex-presidente do Inep ocorreu a pedido de Dupas que alegou motivos pessoais. Durante a sua presidência Danilo Dupas foi acusado de assédio moral por funcionários do instituto que entregaram seus cargos em massa.

O número de inscritos na edição de 2022, 3.396.597 de pessoas, é o segundo menor desde 2005 quando o Enem ainda não funcionava como prova nacional de inserção no ensino superior.  Dos quais 1.368.244 (40,28%) são pagantes e 2.028.353 (59,72%) são isentos. A prova está prevista para ser aplicada nos dias 13 e 20 de novembro, deste ano. 

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Nayara Souza

Jornalista e pesquisadora. Amefricana aprendiz de escrevivências.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.