“Quero ver quebrar plaquinha na cadeia”, comenta Anielle Franco após prisão de deputado bolsonarista que quebrou placa de Marielle

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Eleito deputado federal na onda bolsonarista em 2018, Daniel Silveira (PSL-RJ) foi preso em flagrante pela Polícia Federal na noite desta terça-feira (16), após publicar vídeo de ameaças ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Anielle Franco, irmã da vereadora Marielle Franco, assassinada em 2018, se comentou a prisão do deputado nas redes sociais: “Quero ver quebrar plaquinha na cadeia“. Anielle, que está à frente do Instituto que leva o nome de sua irmã, fez menção ao ato feito pelo até desconhecido Silveira que, ao lado do ex-governador Wilson Witzel e do deputado Rodrigo Amorim durante campanha em 2018, quebrou uma placa com o nome da vereadora. Esta cena de horror foi o que deu visibilidade para Daniel Silveira.

Em seu perfil no Twitter o parlamentar preso se descreve como “policial militar, conservador, bacharelando em Direito, deputado federal, totalmente parcial e ideológico”.

O deputado foi preso por ter publicado um vídeo com ataques a seis ministros nominalmente: Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello e Dias Toffoli. Também defendeu o fechamento do STF, o que é inconstitucional.

Aos 38 anos, além de deputado federal Silveira é professor de muay thay.

Daniel Silveira – Deputado Federal PSL RJ Foto: Reprodução
APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.