“Precisamos exportar música boa”, diz Rick Bonadio sobre funk no Grammy

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Rick Bonadio criticou o remix de funk do hit “WAP”, feita por Pedro Sampaio no Grammy – Foto: Divulgação Internet

Por Melissa Künsch

Após um tuíte do produtor musical Rick Bonadio, na manhã desta segunda-feira (15), criticando a inclusão de um remix do DJ carioca de funk Pedro Sampaio na apresentação de Cardi B e Meghan Thee Stalion, durante o Grammy Awards 2021, realizado no último domingo (14), a polêmica foi instaurada em torno do funk. 

O ritmo, saiu das favelas, ganhou o mundo, figura nas listas das músicas mais tocadas de streamings musicais, mas segue tendo sua autenticidade como gênero musical e movimento cultural questionada por nomes da indústria fonográfica. Em seu Twitter, Rick Bonadio criticou a apresentação, dizendo que “já exportamos bossa nova, já exportamos samba rock, Jobim, Ben Jor. Até Roberto Carlos. Mas o barulho que fizeram por causa de 15 segundos de funk na apresentação de Cardi B me deixa com vergonha. Precisamos exportar música boa e não esse ‘fica de quatro'”

Tuíte publicado na manhã desta segunda-feira (15) – Foto: Reproduão

O comentário logo viralizou e nomes do funk e da música pop como Anitta, Lexa e Valesca Popozuda rebateram a crítica do produtor musical. “Tenho uma sugestão top pra você também. Escolhe um ritmo brasileiro à sua altura, faz uma música e exporta pro mundo. É ‘facin’… e rápido.. e de uma hora pra outra, claro, não dá pra começar com míseros segundos no Grammy. Quando você chegar lá a gente comemora com você”, ironizou Anitta, também pelo Twitter.

Resposta a cantora Anitta ao produtor – Foto: Twitter

A discussão continuou no ambiente virtual e Bonadio rebateu a cantora de Honório Gurgel. “Eu sinto a necessidade de criticar algumas situações porque vejo uma alienação generalizada. O funk precisa evoluir musicalmente para crescer. Não se pode fazer o mesmo sempre porque isso dá certo. Meu post anterior não teve a intenção destrutiva“, escreveu o produtor em sua conta.

Histórico do produtor

Bonadio foi o produtor responsável pelo meteórico sucesso da banda Mamonas Assassinas, cujas letras eram carregadas de duplo sentido e abordavam temas considerados politicamente incorretos. Em “Vira-Vira”, um dos grandes hits da banda, há uma sequência de palavras chulas e homofóbicas, assim como “Robocop Gay” e “Sabão Crá-Crá”.
Além dos Mamonas, Bonadio participou como jurado de shows de talentos que revelaram as bandas Br’oz e Rouge, além da dupla “Rodolfo & ET”.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.