Polícia apreende passaporte e R$ 473 mil em imóveis de Nego do Borel

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Nesta quinta-feira a Polícia Civil de São Paulo, com apoio de agentes fluminenses, cumpriu dois mandados de busca e apreensão contra o cantor Nego do Borel. Um no Rio e outro em São Paulo.

Na casa do funkeiro no Rio de Janeiro foi recolhido mais de R$ 470 mil em espécie, aparelhos eletrônicos e o passaporte do cantor. A ação foi motivada pelas denúncias de agressão e abuso da ex-namorada do cantor, a atriz Duda Reis. Foi Duda quem disse à polícia onde estava o cofre com o dinheiro do cantor. A atriz também contou em depoimento que o cantor teria ameaçado divulgar fotos e vídeos íntimos dela. Por isso, os policiais apreenderam computadores e celulares que estavam na casa.

Nego do Borel e a ex-noiva Duda Reis

As buscas estão relacionadas ao boletim de ocorrência que Duda Reis registrou na 1ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), em São Paulo, há 15 dias. Eles terminaram o relacionamento em dezembro do ano passado.

A jovem, de 19 anos, afirmou ter sido vítima de estupro, violência doméstica e ter sofrido ameaças feitas pelo cantor, que nega. Em resposta, ele também prestou queixa contra a atriz, por injúria, calúnia e difamação.

No início do mês, em outra busca, eles já haviam apreendido a réplica de um fuzil do artista, usado na prática de airsoft.

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.