Palco Virtual do Itaú Cultural recebe peça sobre Masculinidades negras

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Entre os dias 7 e 28 de agosto, o Palco Virtual do Itaú Cultural terá programação on-line sobre masculinidades negras com a peça Amora Paulada. O texto e direção são de Renato Gama, e traz reflexões sobre afetividades, paternidades e subjetividades do homem negro de meia idade.

As masculinidades negras são debatidas em Amora Paulada – Foto: Jota S

Além disso, o Palco Virtual Adulto, recebe o espetáculo Rito. Passos para Quem Partiu, montagem do grupo Contadores de Mentira, da cidade de Suzano (SP), com um rito cênico em memória às vidas perdidas durante a pandemia.

Em Amora Paulada, Almir Rosa e Andrio Candido interpretam, respectivamente, Amora, Zeca e Marvin, personagens que criam uma embarcação de afeto. Nesse cenário de segurança, a peça se propõe a observar as subjetividades do homem negro de meia idade e a refletir sobre como elas são construídas e influenciam a relação consigo, com suas crianças e seus afetos.

Leia também: Núcleo ‘Falas’ apresenta o espetáculo ‘territórioMEU’

Rito. Passos para Quem Partiu faz um ritual cênico em memória das milhares de vidas perdidas pela pandemia. O espetáculo surgiu quando, em meio ao cenário de dores e perdas por conta do coronavírus, o grupo teatral Contadores de Mentira saiu em peregrinação de Suzano, no interior paulista onde tem sede, em direção à cidade de Salesópolis. A ação foi a maneira que o grupo encontrou para transbordar a dor e indignação frente ao descaso e negacionismo instaurado no Brasil.

Amora Paulada

De Renato Gama, em cartaz de 7 de agosto (domingo), às 15h, até 28 de agosto (domingo), às 23h59.

Rito. Passos para Quem Partiu

Com o grupo Contadores de Mentira (SP), de 7 de agosto (domingo), às 19h, até 28 de agosto (domingo), às 23h59.

Os dois espetáculos ficam disponíveis 24 horas por dia, no Youtube do Itaú Cultural.

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.