O programa Roda Viva desta semana recebe o empreendedor social Edu Lyra

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Edu Lyra é um dos poucos empreendedores sociais entrevistados em mais de 30 anos de programa – Foto: Divulgação TV Cultura

Edu Lyra, criador da ONG Gerando Falcões, organização social que atua em rede a partir de projetos sociais em periferias e favelas, será o convidado do programa Roda Viva, da TV Cultura, nesta segunda-feira (29), às 22h. Atualmente, a instituição de Edu está presente em dez comunidades do Brasil, com oferta de capacitação profissional e treinamento para que os jovens gerem renda para suas famílias e façam parte do mercado de trabalho. 

Além disso, Lyra aparece também na lista dos 30 jovens mais influentes do País, organizada pela revista Forbes, e é também um dos jovens brasileiros que podem ajudar a mudar o mundo, segundo a nomeação do Fórum Econômico Mundial. Ele é um dos poucos empreendedores sociais entrevistados no Roda Viva, conhecido por convidar geralmente personalidades políticas e artistas em mais de 30 anos de programa. 

A bancada do programa Roda Viva será formada por Érica Fraga, repórter especial da Folha de S.Paulo; Jeferson Delgado, colaborador do UOL Tab e criador e apresentador do canal Favela Business; Angelica Mari, jornalista e colunista da Forbes Brasil; Nina Silva, CEO do Movimento Black Money; e Teco Medina, economista e colunista da CBN. 

Participação de negros

O programa Roda Viva tem aberto espaço para pessoas que debatem e reforçam a luta contra o racismo e outras formas de opressão contra o povo preto. Em junho de 2020, o professor, filósofo e advogado Silvio Almeida foi entrevistado e se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter durante todo o programa. Almeida fez questão de enfatizar a força do movimento negro brasileiro e declarou que “o movimento negro brasileiro que o colocou na entrevista do Roda Viva”. Também já participaram do programa o rapper Emicida e a atriz Taís Araújo

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.